A Velho Chico é uma marca de roupas soteropolitana que busca por meio de estampas exclusivas o resgate da cultura nordestina. O nome e o mascote, um calango nativo da Caatinga, são uma prévia da identidade que os sócios buscam.  “Nosso empreendimento é muito mais do que vender roupas, queremos fazer parte do movimento de resgate do orgulho de ser nordestino através de nossas criações e encontrar pessoas que partilhem o mesmo sentimento e admiração por nossa terra”, afirmam.

O nome Velho Chico faz referência ao rio mais importante do Nordeste, o Rio São Francisco. Os elementos do universo nordestino (pessoas, histórias, cultura, músicas, poemas, cidades, costumes, natureza...) são inspirações constantes para a criação. “O universo nordestino é o que nos inspira e é voltando os olhos para ele que queremos mostrar que roupa pode ser mais do que enfeite, ela pode ser um poderoso canal para comunicar coisas importantes”, explicam.

Criada em 2012, fruto do sonho empreendedor dos jovens e grandes amigos Tamir Freitas, Yuri Ponchet, Jackson Fernandes e Henrique Brito, a marca já nasceu cheia de personalidade. Além do espírito itinerante, da vontade de estar nas ruas, interagir e trocar experiências, a Velho Chico tomou para si a responsabilidade de valorizar e levar a cultura do Nordeste para todo Brasil. Sendo assim, a marca investiu na criação de sua loja virtual (www.velhochicocec.com), conseguindo atender os nordestinos saudosos e ávidos por sua cultura que estão espalhados do Oiapoque ao Chuí.

Engajamento Social

Valorizar a cultura Nordestina por si já é uma grande responsabilidade, mas, além disso, a Velho Chico se propõe a promover ações para contribuir e intervir em prol do povo Nordestino, atraindo pessoas a fazerem parte desse movimento.